Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

SOLIDARIEDADE: Lojas Ferreira Costa Center, ajuda a transformar sonhos em realidade neste natal

Posto de adoção e coleta do Natal Solidário Ferreira Costa, montado em uma das lojas em 2014
Imagem: Reprodução internet
As lojas Ferreira Costa Center no estado de Pernambuco, estão mais uma vez ajudando a realizar sonhos natalinos de crianças carentes. Clientes das lojas do Recife e Garanhuns, poerão adotar cartinhas dessas crianças.

Os desejos de natal destas crianças, estão nas cartas escritas por elas, em ávores instaladas nas lojas da Tamarineira e Ibiribeira em Recife, e na loja no centro de Garanhuns. A Ferreira Costa, fará uso da sua competente lojistica para entregar os presentes doados, nas instituições beneficiadas com esta ação linda. São elas: Escola dos Anjos, Instituto Arthur Vinícius, Alvora das Crianças, Lar da Criança Santa Maria, Centro de Atendimento à Criança, Abrigo Lar Rejane Marques, Abrigo Casa da Vovó Geralda, Abrigo Casa da Madalena e Creche Lar Esperança.

Seja um colaborador! Não precisa comprar nada nas lojas Ferreira Costa. A intenção não estimular vendas, mas estimular solidariedade.

Por Beto Duran / JCPE

NATAL NOS BAIRROS: Moradores do bairro Boa Vista em Garanhuns, foram encantados pelo Natal Luz. Confira!

Foto: Nichole de Andrade / Secom PMG
A noite desta quinta-feira (01) foi marcada por apresentações do Natal Luz nos Bairros. Desta vez, a localidade que recebeu a ação itinerante foi a Boa Vista, onde o palco montado no “Largo da Feirinha” recebeu pela primeira vez os shows voltados para a temática natalina. Moradores do bairro e visitantes de outras localidades compareceram ao espaço situado na rua Luiz Burgos para conferir a programação.

A primeira atração da noite foi a banda do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz). Coordenados pelo maestro Tenente Ulisses, os integrantes apresentaram-se com um “Concerto de Natal”, repertório marcado por músicas voltadas ao período natalino; além de clássicos do forró pé-de-serra.

Logo após, foi a vez do reisado “Os Três Reis do Oriente” animar o público; esta foi a primeira vez que o grupo apresentou-se desde o falecimento do mestre Benoni, fundador do folguedo popular. “É um prazer saber que faço parte da história desse grupo e agora posso continuar zelando pelo patrimônio que ele tanto gostava”, afirmou o mestre Josenilton, agora à frente do centenário reisado.

Entre as muitas famílias presentes estava a do empresário Alexandre Medeiros, 45 anos, que mesmo morando no bairro Heliópolis prestigiou a programação acompanhado de mulher e dos filhos. “Gostei muito da apresentação do reisado, vamos conferir as próximas. Esse é o melhor natal que já houve em Garanhuns. Meus amigos de outros estados veem as fotos e ficam encantados”, declarou.

O coral dos Mórmons da Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Dias entoou canções relacionadas ao nascimento de Jesus Cristo. Ao todo, 25 integrantes coordenados pelo regente Genival da Silva participaram do momento. Encerrando a programação com muito pop-rock, os garanhuenses da Banda Outono fizeram um show que mesclou os sucessos do ritmo com músicas autorais.

Por Aquilles Soares / Secom PMG

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

SAÚDE: Garanhuenses com catarata são contemplados com ação de saúde

Imagem: Divulgação / Secom PMG
Aproximadamente 500 pessoas, acima de 50 anos de idade, que sofrem de catarata, serão contempladas com um projeto realizado pela Secretaria de Saúde de Garanhuns, em parceria com a Fundação Altino Ventura. A mobilização será realizada entre os dias 5 e 9 de dezembro, das 7h às 12h e a partir das 14h até as 17h, no Centro de Especialidades de Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc), localizada na Avenida Simôa Gomes, nº 345, no bairro Heliópolis.

Os garanhuenses interessados deverão procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) da sua área de abrangência a partir desta quinta-feira (31) para realizar a inscrição. No ato, o paciente deverá estar munido de documento de identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. Com a inscrição finalizada, o garanhuense será direcionado ao Cesmuc para a realização da triagem e, se diagnosticado com a doença, será encaminhado para a cirurgia, que deverá ser realizada no início do mês de fevereiro de 2017, devido ao tempo para a realização dos exames pré-operatórios. Após 15 dias da cirurgia, o paciente será atendido para revisão e, se necessário, marcação de nova data para os pacientes que precisarão operar o outro olho.

A ação será desenvolvida por uma equipe especializada da Fundação Altino Ventura, composta por médicos e técnicos. “Essa parceria é mais uma oportunidade que encontramos para beneficiar a nossa população, com uma ação de saúde tão relevante como essa. A partir disso, poderemos ampliar os serviços voltados para pessoas com cataratas que tenham mais de 50 anos de idade, que através disso receberão toda assistência necessária”, afirmou o secretário de Saúde de Garanhuns, Alfredo de Góis.

Por Ruthe Santana / Secom PMG

TRÂNSITO EM GARANHUNS: Interdições de trânsito no Relógio de Flores passam a valer

Imagem: Divulgação / Secom PMG
Todos os sábados e domingos do mês de dezembro, em decorrência da realização do Natal Luz 2016, dois trechos do entorno do Relógio de Flores, na avenida Rui Barbosa, serão interditados para garantir a segurança dos pedestres que circulam entre o atrativo turístico e a Feira de Artesanato, instalada no antigo prédio da Rádio Jornal. As interdições acontecerão sempre das 19h às 00h.

Entenda as alterações de trânsito

Os condutores que estiveram no sentido centro-relógio, irão ter que entrar ao lado do Banco Bradesco, pois a subida não será permitida. Já os motoristas que estiverem vindo da avenida Duque de Caxias, passando pela rua Emília Valença, para descer pela parte alta da avenida, também não poderão cruzar o trecho em frente ao Chalé II – nesse caso, a orientação é, ao invés de descer, subir a avenida em direção ao Batalhão da Polícia Militar e buscar vias alternativas, como a avenida Júlio Brasileiro. Já quem estiver chegando à cidade pela entrada principal, ou estiver no sentido subúrbio-centro, poderá descer normalmente pela avenida Rui Barbosa. Agentes de trânsito da AMSTT estarão nas vias orientando o fluxo.

Com informações da Secom PMG

SAÚDE: Hospital psiquiátrico de Garanhuns é descredenciado do SUS

Imagem: Reprodução internet
Após 18 meses trabalhando no processo de desinstitucionalização em saúde mental, Pernambuco descredencia mais um hospital psiquiátrico privado de longa permanência. Nesta quarta-feira (30.11), a Secretaria de Saúde de Garanhuns e demais municípios da V Região de Saúde, com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde (SES), da Gerência Regional de Saúde (Geres) e Gerência Estadual de Atenção a Saúde Mental (Gasam), promovem o retorno dos últimos pacientes do Hospital da Providência ao seu município de origem. Ao todo, serão 120 leitos descredenciados que vinham sendo paulatinamente desativados. Os usuários foram reintegrados ao convívio familiar e aproximadamente 16 pessoas foram acolhidos em duas residências terapêuticas no município de Garanhuns. Todos passarão a ser atendidos nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e Residências Terapêuticas da região e, quando necessário, no Hospital Regional Dom Moura.

“Todo o processo de descredenciamento do Hospital da Providência foi realizado em sintonia com a direção da unidade, com o município e o Estado, respeitando a singularidade de cada usuário e de suas necessidades. Fizemos contato com os familiares dos pacientes, para reintegrá-los a esse convívio social e comunitário. A rede de saúde, que vai desde os componentes da atenção básica, unidades especializadas e unidades de urgência e emergência, também vem sendo qualificada e ampliada para realizar o atendimento desses pacientes dentro do novo modelo de atenção psicossocial”, afirma o gerente de Saúde Mental da SES, João Marcelo Ferreira.

O fechamento do Hospital da Providência faz parte da implementação da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) do Estado, que tem o objetivo de avançar com a proposta da Reforma Psiquiátrica regulamentada pela Lei 10.216/01 e Portaria n. 3.088, de 23 de Dezembro de 2011, do Ministério da Saúde. Desde outubro, a unidade já não recebia novos pacientes.

Atualmente, a rede de atenção psicossocial da V Geres, que engloba 21 municípios, é formado por 10 CAPs, sendo 01 CAPS III (funcionamento 24hs) e um CAPs AD em Garanhuns, 01 CAPS Infantil em Angelim e os demais, do Tipo CAPS I, nos municípios de Capoeiras, Canhotinho, Águas Belas, São João e Jucati, além de 06 leitos de enfermaria psiquiátrica no Hospital Dom Moura.

Além do referido processo de desinstitucionalização do Hospital da Providencia, a Secretaria Estadual de Saúde, juntamente com os municípios, vem induzindo outros três processos de descredenciamento de hospitais Psiquiátricos e de fortalecimento de rede local (Rede de Atenção Psicossocial - RAPS), como por exemplo, a Comunidade Terapêutica de Olinda (CTO).

HISTÓRICO – Nos últimos sete anos, o Estado descredenciou 1.982 leitos psiquiátricos, os quais distribuídos em oito instituições. Ainda estão em funcionamento em torno de 715 leitos agudos em 06 hospitais, sendo 490 de agudos (para situações de crise) e 240 de longa permanência.

Secretaria Estadual de Saúde - PE
Superintendência de Comunicação
(81) 3184.0065 / 99488.2688

Para saber mais:
V GERES - Gerência Regional de Saúde
Dra. Catarina Fábia Tenório
Endereço: Rua Joaquim Távora, 240 – Garanhuns/PE
Telefone: (87) 3761.8341 / 3761.8342
E-mail: gerencia.saude.pevgeres@hotmail.com

GARANHUNS: Mais um secretário municipal deixa o governo.

Imagem: Reprodução whatsapp
A Prefeitura de Garanhuns informa que o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Renato Mattos, foi destituído do cargo. A cessão dele, concedida pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), foi encerrada pela instituição de ensino. O documento, que oficializa o ato, estará publicado no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco de amanhã (01).

EDUCAÇÃO: Simpósio Internacional de Dislexia vai acontecer no Recife


O Centro Especializado em Apoio Multidisciplinar vai realizar o primeiro Simpósio Internacional sobre Dislexia, que acontecerá entre os dias 03 e 04 de fevereiro de 2017, no Centro de Convenções de Pernambuco. Durante os dois dias de evento serão debatidos diversas questões que envolvem o distúrbio ou transtorno de aprendizagem na área de leitura, escrita e soletração da criança, com maior incidência nas salas de aula.

“Esse será um importante evento nunca visto em todo Norte e Nordeste a tratar desta problemática, contando com cinco renomados especialistas que estarão conosco trazendo discussões que sempre rendem esclarecimentos e novas diretrizes”, afirma o Neuropsicólogo Ítalo Bruno Gomes, um dos organizadores do Simpósio. Ele explica que quem tem dislexia já nasce com ela, e as vezes, demora anos para descobrir que tem o distúrbio, porém é possível ter uma vida muito bem aproveitada se tiver um diagnóstico cedo.

Para isso, participará do simpósio como palestrante internacional, Rafael Silva Pereira que é doutor em Ciências da Educação e Especialista em Dislexia e Dificuldades de Aprendizagem. Ele vai tratar do tema “Neuroaprendizagem: avaliação e intervenção multidisciplinar na dislexia, discalculia e desortografia”.

O Fisioterapeuta Dr. Francisco Miguel Pinto, especialista em Motricidade Humana, Posturologia e ginástica médica, também é um dos palestrantes confirmados ao lado de Cleide Fernandes Teixeira que é Fonoaudióloga e doutora em Saúde Coletiva, além da Fonoaudióloga Maria Inês Abranches de Oliveira Santos – especialista em Psicologia Escolar e Aprendizagem, bem como Simone Travassos, Oftalmopediatra, que atua no Hospital de Olhos de Pernambuco e na Fundação Altino Ventura.

O Simpósio Internacional sobre Dislexia busca interagir com profissionais e estudantes do setor pedagógico e da saúde, reforçando conhecimentos, compartilhando experiências e troca de informações com especialistas renomados.

As inscrições poderão ser realizadas no site.

Sobre o CEAM PE

Para superar as dificuldades que crianças e adolescentes passam durante o processo de ensino-aprendizagem escolar, surgiu desde 2014 em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana, o Centro Especializado em Apoio Multidisciplinar (CEAM), que é composto por competentes profissionais sob as mãos de Psicólogos, Psicopedagogos, Neuropsicólogos, Fonoaudiólogos, Oftalmologistas e Nutricionistas, os quais têm o seu trabalho exclusivamente voltado para este público. Com a exitosa experiência em trabalhar com uma equipe multidisciplinar, o CEAM abriu outra unidade no Grande Recife, precisamente no Shopping Rio Mar, focando em oferecer a terapia de grupo como elemento inovador na superação destas dificuldades, inclusive na dislexia (dificuldade para decodificar as letras do alfabeto e tudo o que é relacionado à leitura) e aos portadores de autismo.

Saiba mais aqui.

SERVIÇO

Simpósio Internacional sobre Dislexia
Data: 02 e 03 de fevereiro de 2017
Local: Centro de Convenções de Pernambuco, Olinda
Contato: (81) 3526-4904
Mais informações e inscrições clique aqui.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

DECISÃO POLÊMICA: Ocupações de estudantes em prédios públicos de PE, não será criminalizada!

Imagem: Reprodução internet
Um acordo assinado na tarde desta segunda­feira (28) estabeleceu que que as ocupações realizadas por estudantes em instituições de ensino do Estado de Pernambuco não serão tratadas como evento criminal. O documento, assinado em reunião no Ministério Público Federal de Pernambuco (MPF­PE) determina que as ocupações sejam tratadas como evento político­constitucional, evitando assim, meios de coação visando à desocupação sem ordem judicial e ressaltando a importância das instituições optarem pelo diálogo e discussão construtiva com os alunos.

Participaram da reunião e da assinatura do acordo a Defensoria Pública da União (DPU), as reitorias da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) e diretores gerais do campi do IFPE na Região Metropolitana e no interior do Estado.

Além das instituições de ensino, também assinaram o documento representantes da Polícia Militar de Pernambuco, da Frente Brasil dos Juristas para Democracia, Procuradoria Federal da UFPE e Procuradoria Regional Federal da 5ª Região/Advocacia­Geral. O acordo estabelece que as instituições devem buscar uma solução pacífica para possíveis impasses, respeitando e dando prioridade ao processo democrático de negociação, estimulando o diálogo com os ocupantes. Segundo com uma nota divulgada no site do MPF, se for necessária a atuação policial, ela será feita de forma "mais branda". 

Confira a íntegra da nota: 

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco (PE) sediou, na tarde desta segunda­feira (28), reunião para assinatura de protocolo que define um modelo de atuação interinstitucional em relação às ocupações em instituições federais de ensino no estado. O documento ressalta o princípio democrático de reunião e manifestação por parte dos estudantes, desde que de forma pacífica, e a importância das instituições primarem pelo diálogo e discussão construtiva com a sociedade. Assinaram o documento, além do MPF, a Defensoria Pública da União (DPU), Reitorias da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), DiretoresGerais do campi do IFPE em municípios da Região Metropolitna e interior do estado, além de representantes da Polícia Militar de Pernambuco, Frente Brasil dos Juristas para Democracia, Procuradoria Federal da UFPE e Procuradoria Regional Federal da 5ª Região/Advocacia­Geral da União.

Acordo 

Por meio do protocolo, as entidades se comprometeram a tratar as ocupações de estabelecimentos de ensino do estado por estudantes como um evento político–constitucional, e não um evento criminal, sem prejuízo de apuração, administrativa e criminal, no caso de eventuais abusos e da prática de ilícitos. 
As instituições estabeleceram o compromisso de respeitar, oportunizar e dar prioridade ao processo democrático de negociação, dando margem ao desenvolvimento do diálogo entre estudantes ­ ocupantes ou não ­ e profissionais das instituições de ensino para solução pacífica do impasse. 
Também foi acordado que as entidades não vão se valer de meios de coação, visando à desocupação sem ordem judicial, tais como: corte de água, de energia, impedir entrada de alimentos, utilização de sinais sonoros, etc. 
Outro ponto ressaltado foi o de que o diálogo deve priorizar o máximo possível a compatibilidade entre o direito de livre manifestação dos estudantes e o respeito a funcionalidades dos prédios ocupados e que em caso de eventual decisão judicial, as entidades se comprometem a requerer prazo razoável para a desocupação voluntária das unidades de ensino e a apenas requerer utilização de força policial para desocupação forçada após frustradas as etapas de negociação, sempre com acompanhamento do MPF e da DPU. 
No documento foi reforçado ainda que, no caso de ser comprovadamente necessário o uso da força pela PM, será priorizada a utilização de instrumentos de menor potencial ofensivo, com baixa probabilidade de causar mortes ou lesões permanentes. Além disso, em caso de necessidade de desocupação de estabelecimentos de ensino com uso de força policial, será feita notificação prévia ao Ministério Público e à Defensoria Pública para acompanhamento da ação.

Fonte: JC