Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 12 de abril de 2016

DENÚNCIA! Leitor envia fotos do transporte de restos de animais abatidos no matadouro de Garanhuns!

Recebemos denúncia de um leitor que não quer ser identificado, mostrando uma situação escandalosa do transporte de restos de animais abatidos no matadouro de Garanhuns. Confira as imagens enviadas:

Fotos: Reprodução whatsapp do leitor denunciante

Segue o texto do leitor / Cidadão / Denunciante:

"Flagrante de um absurdo: Essa é a forma como são transportados os restos dos animais abatidos no matadouro de Garanhuns, pasmem, este caminhão saiu de lá rumo não sei onde deixando um maravilhoso rastro de vísceras por onde passava, ainda bem que a imagem não tem cheiro, mas dá pra imaginar a situação. Cadê a PMG, Vigilância Sanitária, enfim, alguém precisa fazer alguma coisa, questão de saúde pública!!!!!".

Como sabemos que todos os fatos têm mais de um lado e versão, então buscamos ouvir a prefeitura sobre o ocorrido. Através de nota enviada pela assessoria de imprensa na noite desta segunda-feira (11), o governo municipal se pronunciou dizendo:

O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento e da Vigilância Sanitária, informa que entrou em contato com a empresa Equipabat, responsável pelo abatedouro de Garanhuns. A empresa afirmou que realmente ocorreu o problema denunciado mas que esse fato foi isolado.

Para que esse problema não se repita novamente, a empresa Equipabat assumiu o compromisso junto à Secretaria de Agricultura e Abastecimento e à Vigilância Sanitária de não transportar o contêiner cheio, a fim de evitar que outros incidentes aconteçam.

Atenciosamente,
Cloves Teodorico Neto - Jornalista/PE 

Questionamos, após o recebimento desta nota, se o contêiner citado é a caçamba sem tampa e lacre mostrada nas fotos e para onde são levados os restos dos animais abatidos?
A resposta enviada pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura, foi:


Sobre o transporte do material que sai do Matadouro Municipal, a Vigilância Sanitária informa que não existe um carro específico para o trabalho, desde que não esteja cheio – como o caso citado. Quanto ao destino dos animais abatidos, a Vigilância informou que a carga é levada ao aterro sanitário da cidade.

Você Repórter do Jornal Crer em Pernambuco

Caso deseje mostrar uma situação em seu bairro ou qualquer lugar da cidade, entre em contato pelo whatsapp: (87) 99920.0255.
Assim, estaremos ajudando a fazer uma cidade ainda melhor para se viver.

Por Beto Duran / JCPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário