Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 28 de maio de 2016

TELEVISÃO: Pernambuco é cenário para gravação de série da TV Globo

Imagem: Reprodução internet
Mais uma vez, o cenário pernambucano serve de locação para produções de séries da Globo. A atriz Debora Bloch participou, na manhã da última quarta-feira (25), de gravações da minissérie “Justiça” em um prédio residencial localizado na avenida Boa Viagem.

As filmagens ocorreram na portaria do edifício e contaram com a participação do ator pernambucano Pedro Wagner, integrante do Grupo Magiluth. Um cão da raça samoieda e duas crianças gêmeas também estiveram em cena. Dirigida por Walter Carvalho, Luísa Lima e José Luiz Villamarim, a trama terá 20 capítulos e deve estrear em agosto, na faixa das 23h.

O elenco, que é dividido em quatro núcleos, conta ainda com Jesuíta Barbosa, Cauã Reymond, Leandra Leal, Antonio Calloni, Marjorie Estiano, Pedro Nercessian, Camilla Márdilla, Vladimir Brichta, Adriana Esteves, Drica Moraes e Marina Ruy Barbosa.

As cidades do Recife e de Olinda servem de cenário para a minissérie, cujas gravações começaram no dia 2 de maio e devem terminar em 10 de junho. Lugares como o Mercado de São José, a praia do Pina, o Sítio Histórico de Olinda e o edifício Holliday foram utilizados como locações.

No último dia 16, as gravações no Teatro de Santa Isabel tiveram que ser interrompidas, quando um grupo de pessoas realizaram uma manifestação contra a Rede Globo, gritando frases como “Fora Rede Globo”, “Não vai ter golpe” e “Não vai ter filmagem”.

A partir da próxima segunda-feira (30), uma boate ainda não inaugurada, em Barra de Jangada, será palco de cenas da trama. O Clube Libertin, que será a primeira casa bissexual do Estado, pertencente ao escritor pernambucano Edu França, radicado há 18 anos em Paris.

Na série televisiva, o lugar aparecerá como um bordel comandado pelo personagem de Cauã Reymond, Maurício, um assessor do político corrupto Antenor, vivido por Antonio Calloni. Escrita por Manuela Dias, mesma autora de “Ligações perigosas”, a série é dividida em quatro núcleos com casos judiciais cujos envolvidos se cruzam.

A atriz Adriana Esteves, por exemplo, interpretará uma empregada doméstica que fica presa durante sete anos. O esposo de Adriana, o ator Vladimir Brichta, será um dono de quiosque de praia que vende drogas em seu estabelecimento.

Já o pernambucano Jesuíta Barbosa estará na pele de um homem que mata a própria noiva, interpretada por Marina Ruy Barbosa. Depois de sair da prisão, ele se envolverá com a filha da personagem de Debora Bloch.

Mais um projeto está para vir em julho

Depois que as gravações de “Justiça” chegarem ao fim, o diretor Walter Carvalho e José Luiz Villamarim voltarão ao Recife no mês de julho. Eles começarão a rodar o filme “O fim do inferno”, baseado no romance homônimo do pernambucano Edu França, lançado no ano passado.

“O Walter conheceu o texto durante uma palestra que eu fiz no Recife. Ele achou interessante e resolveu levar a a história para o cinema”, conta o autor, que também assina o roteiro do longa-metragem. O enredo gira em torno do roubo de três santos barrocos na cidade de Guimarães, em Portugal.

Além do município lusitano, também haverá filmagens no Recife, Paris, Porto e São Paulo. O Clube Libertin, em Barra de Jangada, servirá de cenário para o longa-metragem. Estão confirmados no elenco os atores Cauã Reymond, Leandra Leal e Fernanda Montenegro.

Fonte: folhape.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário