Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 30 de maio de 2016

TOCHA OLÍMPICA EM GARANHUNS: Ícone esportista de Garanhuns, Carlos Tevano emociona multidão ao conduzir a Tocha!

Imagem: Reprodução grupo whatsapp
O revezamento da Tocha Olímpica está percorrendo 329 cidades em todo o Brasil, desde 03 de maio, durante 95 dias, quando no dia 05 de agosto, o último condutor da Tocha acenderá a Pira Olímpica na cerimônia de abertura dos jogos, que terá como palco o estádio do Maracanã no Rio de Janeiro.
São pouco mais de 12 mil privilegiados condutores em um país de tamanho continental com milhares de habitantes. A cidade de Garanhuns também esteve no roteiro Olímpico, Ao todo, foram 15 pessoas condutoras da chama olímpica, foram elas: Denivaldo Ramos, Luiz Batista, Narclébio do Amaral, Felipe Lima, Ademir Santos, Mariane Araújo, Gustavo Messias, Luiza Branco, Ítalo Cavalcanti, Hand da Silva, Jaeffson da Silva, Gilberto Pantoja, Carlos Tevano, José Araújo, Allysson Brasil e Gonzaga de Garanhuns – em ordem do revezamento.

Escolhido por um patrocinador oficial do revezamento da Tocha Olímpica no Brasil, o Judoca Carlos Tevano, foi um entre pouco mais de mil pessoas em todo país, selecionada pelo Bradesco.
Estas pessoas foram escolhidas pelo quê representam em suas cidades e comunidades. Carlos Tevano é descrito no site deste patrocinador por 33 cartas, narrando histórias de lutas e bons exemplos.

Definido como a Lenda Viva, Tevano desfruta da admiração de todos. Certamente, Carlos Tevano é o mais conhecido dos escolhidos condutores da Tocha em Garanhuns e, o que mais enche de orgulho a nossa cidade. Isto, ficou claro com dezenas de pessoas vestindo camisas com sua imagem, outros vestidos em seus kimonos, pessoas que fizeram questão desta demonstração de admiração.
Em entrevista ao Jornal Crer em Pernambuco, Tevano revela um sonho: “Sempre tive vontade de participar de uma Olimpíada, infelizmente eu nunca tive esta oportunidade. Então a Tocha veio para Garanhuns. Fui escolhido”. Carlos Tevano demonstra um misto de fortes emoções: “Eu não fui a Olimpíada, mas a Olimpíada veio até mim”, fala emocionado o Judoca campeão em diversos níveis de competições, inclusive internacionais, não participando de outras mais, devido a falta de patrocínio.

Carlos Tevano agradece a Deus e a sua esposa Sandra: “Ela foi quem trabalhou para que tudo isto esteja acontecendo”. Merecedor deste momento, o casal demonstra afinação, e sem dúvida um dito popular se materializa: Há uma grande mulher por trás deste campeão!
Parabéns ao Judoca Carlos Tevano, o Lenda Viva!

Por Beto Duran / JCPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário