Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 5 de junho de 2016

COMBATE: Garanhuns promove ações em combate ao trabalho infantil

Foto: Ilustração / Reprodução internet
Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, mais uma vez se destaca no combate ao trabalho infantil, por meio da realização de um projeto de intervenção social. A mobilização acontece em alusão ao Dia Nacional contra o Trabalho Infantil, que foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), em 2002, escolhendo-se a data de 12 de junho para vivenciar essa causa, através da Lei Nº 11.542/2007. Durante o mês de junho, o município contará com uma extensa programação, realizada pela equipe do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), em parceria com o Conselho Tutelar. O objetivo das ações a serem desenvolvidas é sensibilizar a população do município para se unir à causa em questão.

Para iniciar a mobilização, neste sábado (04), a partir das 8h, foi realizada uma ação na feira livre da Boa Vista e na Central de Abastecimento de Garanhuns (Ceaga). Na ocasião, foi promovida uma abordagem social, proporcionando às crianças, adolescentes e, principalmente, suas respectivas famílias, uma reflexão sobre o cuidado, a proteção e os direitos fundamentais destes. Este momento teve a finalidade de ampliar o conhecimento da população sobre a realidade do trabalho infantil e o desenvolvimento das estratégias de combate a serem executadas no município.

Dando continuidade, no dia 9 deste mês, a abordagem social será realizada na feira livre da Avenida Oliveira Lima, no bairro Heliópolis, e no dia 12 acontecerá na feira livre da Cohab I. Junto ao Conselho Tutelar, integrantes do Creas poderão fiscalizar possíveis situações de exploração infantil e irão abordar os responsáveis das crianças ou adolescentes para oferecer orientações e informações a respeito do assunto. Na ocasião, um material informativo será entregue.

Paralelamente a essa ação de abordagem social nas feiras, serão ministradas palestras em algumas escolas municipais e, também, na sede do Projeto Floreando, que conta hoje com mais de aproximadamente 30 crianças em situação de vulnerabilidade social. Nas instituições de ensino, o objetivo é sensibilizar as famílias e professores, fazendo com que estes se tornem multiplicadores da ação no âmbito escolar.

A coordenadora do Creas, Cibelly França, ressalta a importância da ação. “Por meio dessas ações, nós acreditamos que estamos ajudando a construir um país mais justo, um país adequado para as nossas crianças. O que nós desejamos por meio dessa iniciativa é justamente mostrar para a sociedade que criança deve estar brincando, estudando e não trabalhando. Promover uma infância saudável é nosso intuito e é por nossas crianças que estamos buscando fazer tudo isso da melhor forma possível”, afirma.

Fonte: Secom / PMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário