Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

GREVE: TJPE determina que servidores do Detran em greve voltem ao trabalho

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) concedeu, nesta quinta-feira, uma liminar determinando que os funcionários do Detran, em greve desde a segunda-feira passada, retornem às atividades em um prazo de 24 horas. A decisão foi apresentada pela Corte Especial e teve como relator o desembargador Eduardo Augusto Paurá Peres. A medida prevê a cobrança de uma multa de R$ 30 mil por dia, em caso de descumprimento. A liminar atende ao governo do estado que acionou a justiça para encerrar a greve, sob a alegação do prejuízo diário de R$ 660 mil aos cofres públicos, que seria gerada pela interrupção dos serviços.

Em nota, a direção do Detran acrescentou que a greve foi decretada ilegal, em decisão arbitrada pelo TJPE, por meio de liminar concedida nos autos da ação judicial de n° 0000677-89.2017.8.17.0000, publicada na manhã desta quinta-feira.

A greve foi votada na assembleia da categoria, realizada na quarta-feira passada no pátio da sede do órgão, no bairro da Iputinga, no Recife. De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran (Sindetranpe), Alexandre Bulhões, a paralisação foi deflagrada, uma vez que o governo não convocou a classe para discutir acordos feitos nos anos de 2015 e 2016 e não concretizados. "Estão em aberto a licitação definitiva do plano de saúde; a extensão da gratificação dada a quem trabalha nos shoppings; além da reposição das perdas salariais acumuladas em 27% e a reestruturação do plano de cargos", explicou o sindicalista.

Fora isso, a categoria também quer o reajuste no valor do tíquete de alimentação para R$ 600, concurso público para preechimento do quadro funcional, que, segundo o sindicato, tem um déficit de cerca de 500 servidores; cancelamento do contratos dos terceirizados que exercem funções de servidores públicos; e diminuição ou cancelamento das taxas cobradas aos usuários do Detran-PE.

Fonte: DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário