Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 20 de maio de 2017

BIENAL EM GARANHUNS: E-books ao alcance dos autores e editoras do Nordeste

Divulgação / Edméia Ubirajara
Enriquecer o catálogo de editoras tradicionais que não têm departamento digital ou que nunca se envolveram com o processo de lançamento de livros eletrônicos e viabilizar a entrada de autores independentes no mercado digital: eis os focos de atuação da Paradoxum (www.paradoxum.org), nova editora de e-books que acaba de iniciar as atividades. A editora estreia em eventos participando da III Bienal do Livro do Agreste que acontece na Praça Mestre Dominguinhos, em Garanhuns até o domingo (21). A importância do livro digital para novos autores e novos leitores é o tema do bate-papo marcado para o sábado (20), às 17h, com o diretor Paulo Rebêlo.

Com um olhar apurado para o processo tecnológico, a Paradoxum segue uma estratégia própria, diferente do que é visto no mercado editorial impresso. Considerando que o custo dos livros eletrônicos dispensa a impressão e distribuição, o valor do produto final também deve ser comparativamente menor, assim como o investimento inicial do autor que desejar ter sua obra lançada diretamente em formato digital.

De acordo com Fabiola Blah, gerente-executiva da Paradoxum, a inovação vale para autores e para as próprias editoras que já atuam no mercado. “Nosso trabalho complementa o papel, não é excludente. Somos facilitadores para outras editoras e, também, para autores independentes que não sabem por onde começar. Seria incrível poder lançar o acervo impresso no meio digital, com ganhos reais para todo o setor”, explica.

Sobre os investimentos iniciais, a analista de novas mídias da Paradoxum, Myrela Moura, explica que um e-book é um novo livro, de fato e de direito. “Não estamos falando de um arquivo em PDF ou Word. Existe todo um rigor técnico que precisa ser seguido para que ele seja considerado um e-book certificado para vendas globais. Além de ser compatível com todas as plataformas, softwares e leitores/tablets disponíveis no mercado, oferecendo uma leitura confortável e personalizada”, garante Myrela.

No processo de produção do e-book, a nova editora disponibiliza desde o serviço de revisão, passando pelos ajustes de formatação e regulamentação dos direitos autorais de imagens, até a chegada do livro nas plataformas globais de vendas. Uma vez finalizado o processo de edição, os e-books da Paradoxum estarão prontos para integrar os acervos das principais livrarias virtuais do mundo, garantindo um alcance enorme para autores e editoras que decidirem associar seus nomes aos novos produtos.​

Por Edméia Ubirajara / Secom PMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário