Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 23 de março de 2018

OPORTUNIDADE: Secretaria de Finanças de Garanhuns prorroga prazo para regularização de débitos

Camila Queiroz / Secom PMG
A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Finanças, prorroga até o dia 30 de março, a campanha do “Refis”, para regularização de débitos. A medida tem o objetivo de que mais pessoas possam aderir à iniciativa, para assim, negociar e quitar suas pendências relacionadas a impostos e taxas do Governo Municipal.

Segue assim, a negociação de impostos como IPTU, ISS e demais taxas em atraso, para pagamento à vista, com desconto de 100% no valor dos juros e multas. O contribuinte pode também optar pelo parcelamento de até 12 vezes da dívida, com 75% de desconto nos juros e multas. Ou em até 36 vezes, tendo desconto de 50%.

Os interessados podem realizar o pagamento total ou parcelado acessando o portal da Prefeitura, no site: www.garanhuns.pe.gov.br , ou procurando a Secretaria de Finanças, no Palácio Celso Galvão, localizado na avenida Santo Antônio, nº 126, no Centro. Mais informações podem ser obtidas no telefone (87) 3762-7016.

SECOM PMG

quinta-feira, 22 de março de 2018

EDUCAÇÃO: Mais uma Universidade para Garanhuns

Aqui em Pernambuco, a criação da Ufape desmembra a atual Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG), no Agreste de Pernambuco, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), transferindo automaticamente cursos de todos os níveis, alunos regularmente matriculados e cargos ocupados e vagos do quadro de pessoal, inclusive docentes. A UAG tem 13 anos e foi a primeira expansão universitária do Brasil.

Segundo o vice-reitor da UFRPE, Marcelo Carneiro Leão, o desmembramento foi um desejo da própria UAG, decidido internamente pela comunidade acadêmica em plebiscito e com pedido encaminhado à reitoria da Rural e aprovado pelo conselho universitário. "O que perderemos de receita (com o desmembramento) também eliminaremos nas despesas", disse Carneiro Leão, sobre eventuais ônus econômicos para a instituição.

A partir da aprovação da emancipação, a nova universidade ficará por três anos sob a tutela da Rural até chegar à autonomia plena, como aconteceu com a Universidade do Cariri, desmembrada da Universidade Federal do Ceará (UFC). "Convidamos o reitor da Universidade do Cariri para uma reunião com a UAG. Uma coisa é o funcionamento de uma Unidade, outra é se tornar uma Universidade", comentou o vice-reitor da Rural. O modelo dessa tutoria ainda será discutido, mas incluirá questões administrativas e acadêmicas.

A UFRPE engloba, além do campus do Recife (no bairro de Dois Irmãos), o colégio agrícola em São Lourenço da Mata, as Unidades Acadêmicas de Serra Talhada (Sertão) e do Cabo de Santo Agostinho (Mata Sul), além das unidades experimentais espalhadas em vários municípios pernambucanos. Já a Unidade de Belo Jardim (Agreste), que deve começar a funcionar no início de 2019, deve passar a compor a futura Ufape.

Cargos
As duas novas universidades contaão com recursos do orçamento da União, como auxílios e subvenções concedidos por entidades públicas e particulares; receitas eventuais por serviços prestados; convênios, acordos e contratos celebrados com entidades e organismos nacionais e internacionais; e outras receitas eventuais.

Para o quadro de pessoal da Ufape, são criados 600 cargos de professor e 893 cargos do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (628 de nível intermediário classe D e 265 cargos de nível superior classe E).

Fonte: folhape.com.br

terça-feira, 13 de março de 2018

SEMANA SANTA: Paixão de Cristo chega na sua 28ª edição no Alto do Magano

Hilton Marques / Divulgação / Secom PMG
Durante os dias 29, 30 e 31 de março, será realizado em Garanhuns, o espetáculo “Jesus, Alegria dos Homens”, que chega este ano à sua 28ª edição. A tradicional encenação da morte e ressurreição de Jesus Cristo é realizada no Alto do Magano, iniciando sempre às 19h30min. O evento já é consolidado como um dos maiores espetáculos ao ar livre do interior de Pernambuco, e é realizado pela Associação Teatral Jesus Alegria dos Homens (Astejah) e conta com o apoio e patrocínio da Prefeitura de Garanhuns.

Envolvidos na produção e realização do evento, estão aproximadamente 150 pessoas, entre equipe técnica e atores. A encenação é dividida em aproximadamente 25 cenas bíblicas, executadas em 1h10min. De acordo com a Astejah, a expectativa é que aproximadamente 6 mil pessoas compareçam ao Alto do Magano, durante os três dias.

Os ensaios tiveram início há mais de um mês, tendo o ator Henrique César no papel de Jesus Cristo pelo sexto ano consecutivo. O protagonista afirma que a expectativa se mantém desde a primeira apresentação. “A responsabilidade de viver o papel é grande. E para isso, empenho não falta, além dos ensaios na área cenográfica, pratico sempre minhas falas em casa”, declarou.

O “Jesus, Alegria dos Homens” conta com o patrocínio e apoio do Governo Municipal de Garanhuns, por meio de convênio com a Secretaria de Turismo e Cultura, que está disponibilizando este ano, 60 mil reais de patrocínio para a realização do evento. A prefeitura também oferece apoio logístico, com a execução dos trabalhos de infraestrutura na área da peça, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos. E reforçando a segurança durante os dias do evento, com a atuação de guardas municipais disponibilizados pela Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT).

O fundador e diretor teatral do espetáculo, Gerson Lima, destaca ainda o envolvimento de todos os participantes para a realização do evento. “Muitos atores são veteranos. Mas ainda assim, contamos com a participação de todos nos ensaios semanais. Está tudo praticamente pronto para que o público possa acompanhar um espetáculo de rara beleza este ano”, finalizou.

Por Aquilles Soares / Secom PMG

quarta-feira, 7 de março de 2018

COLUNA ESTRATÉGIAS: O que sua empresa tem de valor?

Reprodução internet
Sempre que ouvimos a palavra valor, associamos a bens materiais. Quando pensamos em avaliar o nosso negócio, pensamos no valor do prédio, móveis, equipamentos, veículos, etc. Mas, o que faz sua empresa alcançar lucro e participação de mercado não é apenas coisas materiais. Existem outros valores, os mais importantes, que são: O talento dos profissionais envolvidos no negócio, a qualidade do produto / serviço, a inteligência da logística, a competência nas vendas, a assistência ao cliente, a sua comunicação, sua gestão financeira... Em fim, coisas que só pessoas fazem! Gosto muito de uma citação do empreendedor Henry Ford (americano, fundador da Ford Motor Company, o primeiro empresário a aplicar a montagem em série de forma a produzir em massa automóveis em menos tempo e a um menor custo. A introdução de seu modelo Ford T revolucionou os transportes e a indústria dos Estados Unidos. Como único dono da Ford Company, ele se tornou um dos homens mais ricos e conhecidos do mundo), que diz: “Você poderia tirar de mim as minhas fábricas, queimar os meus prédios, mas se me der o meu pessoal, eu construirei outra vez todos os meus negócios”.

Não apenas saber contratar talentos, mas, principalmente saber reter estes talentos em seu negócio, pode ser o motivo do seu sucesso ou fracasso. É claro que existem diversos outros fatores, inclusive, se há talento em quem toma as decisões no negócio. As vezes existem talentos incríveis que são desperdiçados por gestores incompetentes. Então, reconhecer suas qualidades e pontos falhos como gestor também é uma estratégia. Por exemplo: Se você é excelente com atendimento, vendas, operacional do negócio, mas, ruim com finanças, a alternativa é colocar alguém melhor para controlar a gestão financeira, ficando você focado no que é realmente bom.

Mas, além do somatório de pessoas certas nos lugares onde são boas, com equipamentos adequados a realização das suas atividades, existem mais outros itens agregadores de valor ao seu negócio. Falo da sua carteira de clientes, do conceito expresso em sua marca, posicionamento competitivo no mercado em que atua, inovações nos processos produtivos, exclusividades, etc.

Como se vê, são muitos os aspectos que determinam o valor do seu negócio. Baseados neste conceito, algumas empresas se especializaram em adquirir negócios promissores, mas, mal administrados a ponto de estarem falindo, para recuperar os aspectos agregadores de valor e depois vender essas empresas.

DICA: Uma alternativa de gestão segura são as franquias, que testam seus processos até alcançarem formatos seguros, onde esse Know-how (saber como) diminui riscos na condução do negócio. Mas, se você já tem seu negócio e deseja entender melhor o que está acontecendo, contrate um consultor para avaliar seu posicionamento no mercado, gestão, etc.

Espero ter provocado importantes reflexões em você.

Por Hildeberto Pimentel
Jornalista e radialista, passando por várias emissoras nos últimos 20 anos. Consultor empresarial com foco em marketing e comunicação. Editor chefe do JBN.